Senado aprova possibilidade de estudantes de cooperativas terem acesso ao ProUni

O relator destaca que escolas mantidas por cooperativas não têm fins lucrativos

Agência Brasil,

03 Julho 2012 | 17h46

O Senado aprovou nesta terça-feira, 3, a possibilidade de estudantes que cursaram o ensino médio em cooperativas educacionais terem acesso a bolsas concedidas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni). A matéria foi aprovada em caráter terminativo na Comissão de Educação e será analisada pela Câmara dos Deputados.

Pelo projeto de lei, o benefício aos estudantes de cooperativas educacionais passa a valer logo após a sanção presidencial e a devida publicação da lei no Diário Oficial da União.

O relator da matéria, Pedro Simon (PMDB-RS), destacou em seu parecer que as escolas mantidas por cooperativas não têm finalidade lucrativa o que possibilita o ingresso desses estudantes no ProUni. “Muitas vezes, as mensalidades ou anuidades escolares por elas cobradas são pagas por meio da prestação direta de serviços pelos pais”, argumenta Simon no parecer.

Mais conteúdo sobre:
Senado, cooperativas, ProUni

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.