Senac dá aula de antropologia por meio do cinema etnográfico

A partir da próxima terça-feira, o Senac começa a exibir filmes etnográficos, acompanhados por debates sobre o gênero. O programa Cinema e Antropologia ? Possibilidades do Filme Etnográfico terá debates em cima de A Letra e o Muro, de Lucas Fretin; Moi, de Jean Rouch; A Arca dos Zo?é , de Vincent Carelli. As projeções são abertas ao público, ocorrem até 8 de abril, das 14 às 17 horas, no Senac São Paulo (Rua Scipião, 67). As incrições podem ser feitas pelo telefone (11) 3866-2500. A jornalista e antropóloga Rose Hikiji apresentará aos participantes um pouco da história, dos conceitos, e análise de algumas produções importantes.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.