Segunda etapa do vestibular da UFRJ ocorre normalmente

Dos cerca de 51 mil inscritos, 7.799 (15,3%) faltaram à avaliação; exame começou com sete minutos de atraso

Fabiana Cimieri, de O Estado de S. Paulo,

23 de novembro de 2008 | 16h57

As provas da segunda fase do vestibular da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) transcorreram sem maiores incidentes. Dos cerca de 51 mil inscritos, 7.799 (15,3%) faltaram à avaliação. O exame, que estava marcado para 9 horas, começou com sete minutos de atraso e nenhum candidato foi eliminado por descumprir os procedimentos de segurança do exame. Antes de entrar na sala, eles tiveram que colocar os aparelhos eletrônicos, como celulares e MP3, dentro de um saco plástico.   Veja também: Com menor número de candidatos em 10 anos, Fuvest faz 1ª fase TV Estadão corrige a prova da Fuvest ao vivo no domingo Confira o gabarito da prova da segunda fase    Nos corredores e portas de banheiros os fiscais usam detectores de metais. Foram registrados 20 casos de estudantes que estavam sem documentos, mas eles puderam fazer a prova preenchendo um formulário de identificação especial. Eles têm 48 horas para apresentar o documento.   Quatro pessoas disseram ter sido assaltadas na porta da Universidade Estadual do Rio de Janeiro (Uerj), no Maracanã, na zona norte, um dos locais do vestibular da UFRJ. Os bandidos se aproveitaram da movimentação em frente à porta da universidade para assaltar os estudantes, levando celulares e pequena quantia em dinheiro. Nenhum deles registrou queixa.

Tudo o que sabemos sobre:
vestibularUFRJ

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.