Secretaria da Educação de SP divulga resultado de prova para aumento salarial

Os funcionários que atingiram a nota de corte poderão ser promovidos para a faixa salarial imediatamente superior àquela em que se encontram hoje

O Estado de S. Paulo

13 Maio 2014 | 20h01

A Secretaria da Educação do Estado de São Paulo divulgou hoje, 13, o resultado da prova inédita de promoção para funcionários do quadro de apoio escolar das 5 mil unidades de ensino da rede. Ao todo, 13.293 funcionários participaram da prova no último dia 30 de março e podem conquistar percentual de aumento de salário de 20% para os agentes de serviços escolares e 35% no caso dos agentes de organização escolar e secretários de escola. 

A nota de corte para os agente de organização escolar da área de gestão de atendimento aos alunos foi de 63 pontos. Para os agentes da área de gestão estratégica de pessoas e de recursos humanos, foi de 50. Para agentes de serviçoes escolares e seccretários de escola, foi de 57. As notas de cada servidor foram publicadas no Diário Oficial hoje. Quem tirou notas acima da nota de corte terá direito ao aumento salarial. Até quinta-feira, 15, os funcionários poderão entrar com recursos para tentar alterar a nota.

A participação foi voluntária e puderam fazer a inscrição servidores que preencheram pré-requisitos como: ter um mínimo de cinco anos de efetivo exercício, cumprir taxa mínima de assiduidade, possuir certificado de ensino médio ou equivalente – para os cargos de agente de serviços escolares e agentes de organização escolar – e diploma de graduação de nível superior – nos casos dos secretários de escola. 

Os servidores do quadro de apoio escolar que participaram da prova inédita poderão ser promovidos para a faixa salarial imediatamente superior àquela em que se encontram hoje. A previsão é que o exame ocorra a cada dois anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.