São Paulo cai três posições em avaliação nacional de português

Matemática também não evoluiu nas notas da Prova Brasil, que é realizada a cada dois anos; SP está em 10º na média nacional

O Estado de S. Paulo

10 Dezembro 2014 | 16h10

As escolas estaduais de São Paulo registraram queda na média da nota na avaliação nacional de português no último ano do ensino fundamental. Em 7º lugar em 2011, a rede estadual passou para 10º na média em português da Prova Brasil. A avaliação nacional é realizada de dois em dois anos e os resultados servem para formulação do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb). Os dados estaduais foram divulgados hoje pelo jornal Folha de São Paulo. Na média do País, alunos do 9º ano pioraram em matemática, conforme antecipou o Estado.

A média paulista em português ficou em 240,66 em 2013, 0,14 ponto abaixo da nota de 2011. Os estados do Acre, Espírito Santo e Ceará superaram São Paulo na última edição da prova. Já nas provas de matemática,  o estado teve melhora, de 244,3 em 2011 para 245,1 em 2013. As notas vão de 0 a 500 - especialistas avaliam que, nesta etapa de ensino, o adequado seria uma nota de 275 ou superior em português e 300 em matemática. 

Já no quinto ano, houve notas maiores nas duas disciplinas - português subiu de 191,6 para 201,7 e matemática, de 213,1 para 220,1. No País, as notas do quinto ano também progrediram - foram de 185,60 para 189,72 em português (o adequado é 200) e de 204,58 para 205,10 em matemática (o adequado é 225).

Menos da metade dos alunos do quinto ano em todo o Brasil tiveram aprendizado considerado adequado em português (40%) e matemática (355). Já no 9º ano, apenas um quarto dos estudantes registrou notas suficientes (24% em português e 25% em matemática).

Mais conteúdo sobre:
Ideb Prova Brasil

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.