Reunião com Cruesp não chega a acordo

Reitores das Estaduais e Fórum das Seis terão nova reunião segunda-feira

Elida Oliveira, Especial para o Estado de S. Paulo

16 Junho 2009 | 13h00

A reunião entre o Conselho de Reitores das Universidades Estaduais de São Paulo (Cruesp) e o Fórum das Seis (entidade que reúne os sindicatos de professores e funcionários das três universidades estaduais paulistas, USP, Unicamp e Unesp) terminou às12h20. Organizada para retomar as negociações entre os dois grupos, a reunião contou com a presença dos três reitores: Suely Vilela, da USP, Herman Jacobus Cornelis Voorwald, da Unesp, e Fernando Ferreira Costa, da Unicamp.   De acordo com Carlos Magno, diretor de base do Sindicato dos Funcionários da USP (Sintusp), a reunião serviu para que cada uma das partes explicitasse suas condições para reabrir a negociação. "A reitoria disse que só tira a PM do câmpus se nós retirarmos o piquete, mas nós reafirmamos que o piquete é uma arma histórica dos trabalhadores." Para Magno, o piquete é um ato simbólico, pois é colocada apenas uma faixa em frente ao prédio da reitoria que não impede a entrada dos funcionários.   Para prosseguir com a tentativa de acordo, uma nova reunião entre o Cruesp e o Fórum das Seis foi marcada para segunda-feira, dia 22, ainda sem horário definido.   Passeata dos alunos   Os estudantes da Universidade de São Paulo seguem com as manifestações. Por volta das 12h30 um grupo de alunos saiu do prédio da reitoria em passeata até o restaurante da Faculdade de Química, único terceirizado que ainda está em atividade. O objetivo do grupo é organizar um piquete e prosseguir com as reivindicações.

Mais conteúdo sobre:
pontoedu educação greve USP ensino superior

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.