Reta final do desafio na Bolsa

Investir no mercado financeiro pode trazer grandes lucros, mas também grandes prejuízos. Para mostrar que esse mundo não é nenhum bicho de sete cabeças - e evitar grandes rombos no bolso - é que o Desafio BM&FBovespa foi criado.   A quarta edição do evento, que será realizada no sábado, dia 28 de novembro, reúne estudantes de 210 escolas  de todo o Estado de São Paulo, particulares e públicas, escolhidas por sorteio. "Mostramos aos jovens como  poupar com sabedoria numa palestra de educação financeira. Mas também enfatizamos que o investimento pode ser uma forma de construção de patrimônio", afirma a gerente dos programas de popularização da Bolsa de Valores, Patrícia Quadros.   Parece que esses objetivos têm sido cumpridos. Das 555.768 pessoas físicas que investiram na Bolsa em outubro, 39.588 estão na faixa etária de 16 a 25 anos. Um dos prêmios do Desafio são R$ 25 mil aplicados no mercado financeiro, para fazer a gestão do clube de investimento formado pelos estudantes ganhadores. O valor só pode ser retirado depois de um ano. O que se vê, no entanto, é que depois desse prazo, não há o saque do dinheiro - ele continua sendo aplicado.   Final O Desafio BM&FBovespa foi criado em 2006 e, até hoje, já atraiu mais de 7,9 mil participantes interessados em educação financeira. A grande final deste ano acontece no sábado, dia 28 de novembro. O Estadão.edu vai acompanhar. Você poderá ver a cobertura completa no blog, twitter e em reportagem aqui no Estadão.edu: www.estadao.com.br/pontoedu.  

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.