Tânia Rêgo/Agência Brasil
Tânia Rêgo/Agência Brasil

Resultado do Sisu para o segundo semestre de 2020 será divulgado hoje

Período de matrícula para as quase 52 mil vagas no ensino superior público vai de 16 a 21 de julho

Redação, O Estado de S.Paulo

14 de julho de 2020 | 07h52

O Ministério da Educação (MEC) divulga nesta terça-feira, 14, o resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) para o segundo semestre de 2020. Para conferir o resultado do pedido de vaga, o candidato deve acessar o site oficial do Sisu e informar seu número de inscrição e a senha. O período para matrícula da chamada regular vai de 16 a 21 de julho.

De acordo com o MEC, 424.991 mil estudantes disputam 51.924 mil vagas ofertadas em 57 instituições públicas de ensino superior do país. Ao todo, o Sisu recebeu mais de 814 mil inscrições.

Esta é a primeira vez que o Sisu oferece vagas no ensino a distância (EaD). Para que sua inscrição seja válida, o aluno precisa ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2019 e não ter zerado a redação. Quem fez o exame na condição de treineiro não pode participar.

De acordo com o edital do programa, os candidatos são classificados pela seguinte ordem de critérios: maior nota na redação; maior nota na prova de linguagens, códigos e suas tecnologias; maior nota na prova de matemática e suas tecnologias; maior nota na prova de ciências da natureza e suas tecnologias e maior nota na prova de ciências humanas e suas tecnologias.

Lista de espera

O aluno que não for selecionado nesta primeira chamada, deverá manifestar o interesse em participar da lista de espera na própria página do Sisu, até o próximo dia 21. A convocação para essa próxima etapa será feita a partir de 24 de julho pelas instituições. Os selecionados devem observar prazos, procedimentos e documentos exigidos para matrícula ou para registro acadêmico, estabelecidos em edital da própria instituição, assim como horários e locais de atendimento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.