Reler prova é fundamental, diz campeão do Enem 2008

Aluno de Medicina da Federal do ES acertou todas as questões objetivas e teve aproveitamento de 97,5% na redação

Ana Bizzotto,

29 Setembro 2009 | 00h53

Aluno de Medicina da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes), Caio Nasser Mancini, de 19 anos, foi o campeão do Enem 2008. Acertou todas as questões objetivas do exame - que até 2008 eram 63 - e teve 97,5% de aproveitamento na redação. "Não tem segredo. É estudar bastante e ler muito jornal e revista. A leitura constante ajuda a resolver todo tipo de questão, mas, na redação, é fundamental." Outra receita de Caio para quem fará o Enem neste fim de semana é aproveitar todo o tempo disponível. "Muitas pessoas ficam cansadas, nervosas e largam a prova no meio, chutam as questões que não sabem e vão embora." No ano passado, Caio teve a paciência de reler com calma a prova depois de assinalar todas as alternativas. Descobriu que, em duas questões, sabia as respostas certas, mas se enganou na hora de marcá-las no gabarito. "Deu para corrigir porque conferi. E cada questão faz muita diferença. Muitos amigos meus ainda estão no cursinho por causa de meio ponto", conta. Neste fim de semana, será a vez de a irmã de Caio fazer o Enem e driblar o nervosismo com as mudanças no exame. "Eu também estaria preocupado em enfrentar uma coisa nova. Mas as alterações vão valorizar o Enem, deixá-lo mais completo e com um nível de dificuldade maior", diz. Para ele, isso vai acabar favorecendo quem estudou mais.

Mais conteúdo sobre:
pontoedu enem

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.