Reino Unido terá maior maquete do Sistema Solar do mundo

Está para ser construída no Reino Unido a maior maquete do Sistema Solar do mundo. O projeto, que deverá custar £ 28 mil (cerca de R$ 154 mil), será financiado pelo Fundo Nacional para Ciência, Tecnologia e Artes (Nesta) do país e contará com a participação de 18 escolas britânicas e centros de exposição, além de artistas plásticos, cientistas e designers.A idéia partiu do professor de Ciências Nigel Marshall, que decidiu recrutar alunos e profissionais depois que ele soube da gigante maquete do nosso Sistema em Illinois, nos Estados Unidos, atualmente a maior do globo. "O Spaced Out UK [que dirige o programa] deverá se tornar uma fonte nacional de aprendizado para os estudantes de todas as escolas", disse ele à agência London Press.Oficialmente, o projeto será lançado durante a Semana de Ciência, em 2005. No total, serão produzidos 18 modelos de planetas, estrelas e cometas, que ficarão espalhados em diferentes cidades no Reino Unido.O Sol, por exemplo, poderá ser visitado no famoso Observatório Jodrell Bank, em Cheshire. A Terra, em Macclesfield e o Cometa Halley, em Londres. Urano ficará em Bath, na Inglaterra, cidade onde William Herschel morava quando descobriu o planeta em 1781. O rodízio das maquetes e esculturas entre as escolas deverá ocorrer a cada três anos.A disposição dos elementos do Sistema Solar não será aleatória. Apesar da utilização de uma escala de 1 para 15 milhões - que reduz a distância entre a Terra e o Sol para apenas 10 km - , Plutão continuará sendo o planeta mais distante, localizado em Aberdeen, na Escócia.clique no mapa para ver a localização das maquetes

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.