Reino Unido tem mais 50 bolsas de pós para brasileiros

O governo britânico abre no próximo sábado as inscrições para o Programa Chevening, que oferece cerca de 50 bolsas de pós-graduação para brasileiros no Reino Unido. A maioria dos cursos começa em outubro de 2005, e os candidatos devem se inscrever até 31 de julho próximo.O programa é financiado pelo Foreign and Commonwealth Office (FCO), o Ministério das Relações Exteriores britânico, e é administrado pelo British Council. As bolsas Chevening são hoje uma das principais estratégias do governo do Reino Unido para atrair jovens talentos estrangeiros, bem como investir na formação de profissionais em áreas consideradas fundamentais para o desenvolvimento, segundo Irene Taitson, gerente do programa Chevening no Brasil.ÁreasAs bolsas cobrem os custos de um mestrado, por exemplo, e são destinadas a jovens que queiram se aperfeiçoar em jornalismo, meio ambiente, direitos humanos, política, finanças, desenvolvimento econômico e social, saúde, comércio e indústria ? principalmente nos setores de energia, mineração, tecnologia ambiental e de construção civil, regulação, tecnologia aeroespacial, telecomunicações, transportes, turismo, desenho industrial e indústria cultural ?, além de áreas do direito relacionadas a todos estes setores.Os coordenadores no Brasil detalham que algumas bolsas são financiadas em parceria com instituições privadas ou universidades, e as áreas são definidas individualmente. Essas bolsas podem ser vinculadas a determinadas instituições ou cursos.O candidato é avaliado por sua experiência e potencial. ?O objetivo é selecionar futuros líderes e formadores de opinião,? diz Irene, a gerente do programa.CondiçõesPara concorrer a uma bolsa, os candidatos devem ser brasileiros, residir e trabalhar no Brasil, estar em início ou meio de carreira e ter pelo menos dois anos de experiência profissional. Deve-se apresentar o formulário preenchido, diploma de graduação e média igual ou superior a 6.0 no teste IELTS (teste que envolve leitura, gramática e interpretação em inglês), que pode ser feito nos escritórios regionais do British Council.A bolsa cobre a taxa do curso até o limite de 12 mil libras, e a manutenção do estudante e inclui auxílios para livros e tese. O candidato a um curso com anuidade de valor superior ao valor da bolsa deve informar-se sobre a possibilidade de cobrir a diferença.O formulário de inscrição está disponível para download no site do British Council (www.britishcouncil.org.br) e deve ser preenchido em inglês.O material, incluindo os formulários e a documentação de apoio, deve ser enviado pelos correios para o escritório responsável pela região. Ainda não é possível submeter o material pela internet.British CouncilO British Council conta com escritórios em cinco cidades no Brasil: Brasília, Curitiba, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. O processo de seleção dura cerca de seis meses.Após o envio do material, os candidatos passam por uma primeira triagem e os selecionados nesta etapa são convidados para uma entrevista. Os orientadores do conselho no Brasil alertam que os interessados em participar do programa devem já começar a investigar curso e escola de interesse de estudo.É importante que na aplicação da prova o aluno já esteja com a opção bem fundamentada. Nos escritórios do conselho, há aconselhamento, mas o os interessados podem pesquisar cursos e instituições no site educationuk.gov.br .

Agencia Estado,

26 de abril de 2004 | 15h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.