Rede universitária mundial faz parceria com faculdade baiana

As Faculdades Jorge Amado (FJA), uma das mais importantes instituições da área da Bahia, firmou parceria nesta terça-feira com a Whitney International University System - uma espécie de rede universitária mundial. De acordo com Eugênio Barreto, presidente do conselho de administração, a instituição é "a primeira do Nordeste a entrar na nova era do ensino superior no Brasil".Pelo acordo, a Whitney abre as portas do mercado brasileiro para suas operações e em troca, investe R$ 23,5 milhões na instituição, dá à faculdade acesso a novas tecnologias - em áreas como ensino à distância - e oferece aos alunos a oportunidade de fazer estágios e intercâmbios no exterior, por meio de acordos com outras instituições parceiras da organização - hoje presentes na América Latina, na África, no Oriente Médio e na Ásia. "Boa parte dos recursos vai para a ampliação de nossa infra-estrutura", conta Barreto. Com sete anos de funcionamento, a instituição tem mais de 10 mil alunos, em 33 cursos de graduação. A mensalidade média na instituição é de R$ 600.

Agencia Estado,

21 de novembro de 2006 | 23h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.