Paulo Pinto/AE-2/6/2010
Paulo Pinto/AE-2/6/2010

Redação deixa Vértice fora do topo do ranking do Enem 2010

Colégio da zona sul de São Paulo, no entanto, obteve a maior média do País nas provas objetiva e de matemática

Isis Brum, Jornal da Tarde

13 Setembro 2011 | 12h05

Mesmo tendo caído da primeira para a terceira posição no ranking nacional por notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2010), o Colégio Vértice, localizado na região sul da capital paulista, obteve a maior média do País nas provas objetiva e de matemática. A queda se deve à nota da redação, na qual houve uma diferença relevante em relação ao primeiro colocado do Brasil, o Colégio São Bento, no Rio (quase 40 pontos).

 

Desde os anos iniciais da alfabetização até o ensino fundamental 1 (até o 5.º ano), o foco é voltado a conceitos básicos da matemática, aulas diferenciadas em geometria e reforço dividido por níveis de dificuldade no ensino médio.

 

“Além dos exercícios em sala de aula, tem as tarefas. E uma preocupação é que o aluno resolva sozinho. Orientamos os pais a não contratar professores particulares para ajudar o filho com a tarefa”, afirma Adilson Garcia, diretor do Vértice. A nota da escola foi 811,76 em matemática. Nas questões objetivas, 722,68.

 

Na redação a média foi de 764,81. Mas a diferença com o primeiro colocado no Enem 2010 nesse último item não fará o Vértice rever a abordagem das aulas de redação. “Não é nossa preocupação mexer na disciplina”, diz Garcia. “Nos destacamos na prova objetiva, que reúne o conjunto de disciplinas trabalhadas.”

 

No grupo dos colégios que atingiram participação igual ou superior a 75%, o Colégio Batista de Bauru, no interior de São Paulo, obteve o primeiro lugar em redação, com a pontuação 765,91, estando o Vértice logo abaixo. Pelo critério de nota, sem levar em conta a participação dos alunos, o colégio Cristão de Jundiaí, também no interior, ficou com a primeira colocação na prova de redação no Estado.

 

Segundo a diretora do Colégio Batista, a professora Marta Cristina Aparecida de Mello Soares, há 8 anos foi elaborado um projeto para as aulas de redação. Mas o estímulo, explica, começa desde as séries iniciais, com oficinas de leitura, contos e a obrigatoriedade de ler livros em todas as séries.

 

“No ensino médio, damos especial atenção à criticidade. Incentivamos nossos alunos a participar das discussões, debater os temas propostos e emitir opinião”, conta a diretora. “Isso faz a diferença porque leva o estudante a pensar.”

 

A escola, que conta com 677 alunos do ensino infantil ao médio e tem 47 professores, adota a filosofia cristã de ensino. “Valorizamos princípios éticos, a cidadania e os direitos humanos acima de tudo”, conclui Marta.

 

COLÉGIO VÉRTICE

 

ONDE FICA

Campo Belo, zona sul de SP

 

QUANTOS ALUNOS

1.009 do infantil ao médio

 

PROFESSORES

86 do infantil ao médio

 

ANUIDADE E SELEÇÃO

R$ 38.974

A seleção inclui entrevista, provas e vivência de 1 dia na escola

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.