Redação da Fuvest aborda consumismo e oferta de crédito

Candidatos precisavam discutir o sentido social do consumo nos dias atuais

Estadão.edu,

06 Janeiro 2013 | 15h11

A prova de redação do vestibular da Fuvest abordou o consumo como via de acesso "às melhores coisas da vida". Para ajudar os candidatos, a banca apresentou uma peça publicitária de um cartão de crédito que, ao fundo, trazia a imagem de um shopping center. Os estudantes tinham de discutir o sentido social do consumo e da oferta de crédito nos dias atuais.

 

Além da redação, os estudantes que participam da segunda fase da Fuvest fazem neste domingo dez questões discursivas de língua portuguesa. O exame começou às 13h e termina às 17h. O vestibular seleciona alunos para a USP e a Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa.

 

Amanhã os alunos deverão responder a 16 questões de história, geografia, matemática, física, química, biologia e inglês. Já na terça-feira, são 12 questões de duas ou três disciplinas, que variam de acordo com a carreira escolhida pelo candidato. Todas as questões são dissertativas.

 

O Estadão.edu terá correção ao vivo das provas no endereço www.estadao.com.br/aovivo. Professores do Cursinho da Poli analisarão as questões no estúdio da TV Estadão. Neste domingo a transmissão começa às 18h e, nos demais dias, às 19h. Durante a exibição dos comentários, os leitores poderão enviar perguntas pelo Facebook (www.facebook.com/estadao.edu) e pelo Twitter (@EstadaoEdu), acompanhadas da hashtag #EduFuvest.

 

Foram convocados 28.943 candidatos, além de 2.239 treineiros (que não acabaram o ensino médio). Neste ano, a USP oferece 10.982 vagas e a Santa Casa, 100.

 

Para cursos de Artes Cênicas, Música (Ribeirão Preto), Audiovisual, Design e Arquitetura (São Paulo e São Carlos), haverá provas de habilidades específicas entre os dias 9 e 11 de janeiro. A primeira chamada de aprovados será divulgada no dia 2 de fevereiro.

Mais conteúdo sobre:
FuvestVestibular

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.