RECURSOS FINANCEIROS

O apoio financeiro à educação no Brasil aumentou nos últimos 15 anos. A Constituição foi mudada, em 1996, para fixar um mínimo de gasto na educação, como parte da renda fiscal, para cada nível de governo. O governo federal complementa o gasto de governos locais que não podem chegar a esse mínimo. Esse programa ambicioso, Fundo de Manutenção e Desenvolvimento do Ensino Fundamental e de Valorização do Magistério (Fundef), também inclui recursos financeiros para a municipalização.O Brasil gasta pouco por aluno no ensino fundamental e médio, comparado com as universidades públicas. O gasto público com a educação chega a cerca de 5% do Produto Interno Bruto (PIB), equivalente aos gastos da maioria dos países desenvolvidos. Segundo a Ocde, em 1998, o Brasil gastou entre um quarto e um quinto do que é investido na Inglaterra, por aluno dos cursos de ensino fundamental e médio, em termos de paridade de poder aquisitivo (PPA). Ao mesmo tempo, gasta 42% mais do que a Inglaterra por aluno universitário. O Brasil gasta apenas 14% de seu PIB per capita para cada aluno da escola fundamental e 16% por aluno do ensino médio, um investimento em educação muito abaixo do valor investido por muitos países desenvolvidos e em desenvolvimento. Entretanto, o Brasil gasta quase o dobro do seu PIB per capita para cada estudante da universidade pública, quase quatro vezes o que investem os países ricos. São Paulo gasta 30% do seu orçamento com educação, inclusive com as universidades estaduais.A alocação de fundos não é transparente, São Paulo não divulga relatórios pormenorizados de suas despesas por tipo de escola. Entretanto, a Secretaria da Educação informou, em abril de 2002, que as despesas anuais por aluno, em todo o sistema, eram de US$ 500. Os Estados do Nordeste gastam menos que US$ 150 por aluno.Veja os principais pontos da análise:PRIMEIRA IMPRESSÃO APRENDIZAGEM MATERIAIS DIDÁTICOS ORGANIZAÇÃO DAS ESCOLAS SUPERVISÃO ESCOLAR MERENDA RECURSOS FINANCEIROS FUTUROLeia também: Itaquaquecetuba tem escola exemplar Um ensino que tem muito a aprenderJane WrefordJane Wreford dirige a inspeção das autoridades escolares locais para a Comissão de Auditoria da Inglaterra

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.