Robert Merkel/Wikipedia.org
Robert Merkel/Wikipedia.org

Ranking da 'Forbes' põe Princeton em 1º lugar entre universidades dos EUA

Levantamento dá destaque a relação custo-benefício; Harvard ocupa 6ª posição

Gustavo Chacra, Correspondente de O Estado de S. Paulo,

01 de agosto de 2012 | 20h52

NOVA YORK - Um novo ranking de universidades elaborado pela revista Forbes leva em conta não apenas questões acadêmicas, mas também os gastos dos estudantes para se graduar nas instituições de ensino superior dos Estados Unidos.

 

A relação custo-benefício, nesse caso, possui um peso bem maior que a classificação da US News World Report, a mais tradicional dos EUA.

 

De acordo com esse novo ranking, Princeton aparece em primeiro lugar. Não é uma novidade, uma vez que essa universidade sempre tem um lugar no pódio em outras publicações. Mas há surpresas entre os dez primeiros (veja abaixo). Williams College, Pomona e Swarthmore, menos conhecidas internacionalmente, estão em 2.º, 9.º e 10.º lugares, respectivamente.

 

Harvard ficou apenas em sexto lugar nesse levantamento, uma de suas piores colocações em rankings na história. Columbia, Chicago e Yale estão entre as dez melhores, em lugares similares a outras classificações.

 

A decepção ficou com a tradicional Cornell. Apesar de ser uma Ivy League, como são denominadas as principais universidades dos EUA, ficou em um distante 51.º. Ao todo, 650 instituições foram pesquisadas.

 

Aspectos

O novo ranking leva em conta o sucesso depois da graduação (32,5%), que representa a proeminência de ex-alunos; a satisfação dos estudantes (27,5%), incluindo avaliação de professores e permanência dos alunos nos dois primeiros anos; dívida (17,5%), que penaliza escolas que deixem seus estudantes endividados; graduação em quatro anos (11,25%); e prêmios e bolsas concedidas (11,25%).

 

A importância dada aos gastos é vista como fundamental. Um aluno que se forma em Stanford, conhecida por formar talentos da tecnologia para o Vale do Silício, costuma sair com uma dívida estimada em US$ 250 mil.

 

O levantamento se foca apenas na graduação e no ensino, não em pesquisa. Algumas das instituições nas primeiras colocações sequer oferecem mestrados e doutorados.

 

RANKING

 

1. Princeton

2. Williams College

3. Stanford

4. Chicago

5. Yale

6. Harvard

7. United States Military Academy

8. Columbia

9. Pomona College

10. Swarthmore College

Notícias relacionadas
    Tudo o que sabemos sobre:
    RankingForbes

    Encontrou algum erro? Entre em contato

    Tendências:

    • Fuvest 2020: Veja os locais de prova da primeira fase do vestibular
    • Redações da Fuvest: Estadão Acervo levantou o temas de cada redação do exame desde 1977
    • Medicina na USP tem disputa de 129 candidatos por vaga; veja relação
    • Conheça práticas ilegais comuns na matrícula e nas mensalidades de escolas e faculdades
    • Primeira fase da Fuvest: ouça as dicas dos especialistas no podcast ‘Se Liga no Vestibular

    O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.