Rádio é o grande tema da 1.ª fase da Unicamp

A primeira fase do Vestibular 2005 da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) teve o rádio como tema. Tanto a redação quanto o restante das questões das provas giraram em torno deste assunto, abordando a propagação de ondas, como o da telefonia celular e GPS, por exemplo. "Um tema muito relevante de um veículo de comunicação que tem grande penetração dentro da população", disse o coordenador executivo da Comissão Permanente para os vestibulares (Comvest), Leandro Tessler, acrescentando que o assunto rádio "é um tema não muito óbvio".Ele explicou que, desta forma, os candidatos puderam experimentar a multidisciplinaridade de um mesmo tema. "O conhecimento não é compartimentado, o candidato precisa saber escrever, saber história e geografia, e saber imaginar com criatividade dentro de uma temática central por onde passaram todas as outras questões da prova."Abstenção maiorFoi de 5,4% o índice de abstenção da primeira fase do vestibular da Unicamp, contra 3,8% registrado no ano anterior.Neste ano a Unicamp teve um recorde de inscritos: 53.756 contra 50.549 no ano passado.Para Tessler, a grande procura pelas 2.934 vagas em 54 cursos se deve à implantação da inscrição pela internet e também ao programa de isenção de inscrições, que beneficiou 7.174 estudantes que se declararam afro-descendentes ou indígenas.Medicina continua sendo o curso mais procurado, com 82,9 candidato por vaga, e Tecnologia em Construção Civil é o de menor demanda: 2,8.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.