Quase 80% votam a favor de PM no câmpus em enquete

Enquanto USP não define sua política de segurança, internautas se posicionam em votação no Facebook

Estadão.edu

20 Maio 2011 | 15h58

Após a morte do estudante da FEA-USP Felipe Ramos de Paiva, o Estadão.edu perguntou em enquete no Facebook: "Você concorda com a presença da PM no câmpus da Cidade Universitária?" Até a conclusão deste texto, ao todo 5.518 pessoas responderam. Dessas, 4.266 (77,3%) votaram a favor da polícia militar no câmpus, enquanto 1.252 (22,7%) se manifestaram contra.

A presença da PM é defendida pelo reitor João Grandino Rodas. Segundo o reitor, a Guarda Universitária não tem poder de polícia legal para dissuadir a ação criminosa no câmpus do Butantã. E, mesmo que seu número seja aumentado, isso não resolveria o problema. "Ela é estritamente patrimonial", afirmou.

 

Professores da Associação de Docentes da USP (Adusp) pensam diferente. Para eles, a presença da PM não ajuda, pelo contrário. "Treinada para matar", a polícia pode aumentar ainda mais a violência na Cidade Universitária, como afirmou a professora Heloísa Borsari, ao blog do Estadão.edu.

 

Na manhã desta sexta-feira, o conselho gestor da universidade se reuniu para debater sobre a violência no câmpus. O órgão não aprovou aumentar a Guarda Universitária, mas não descartou de vez a ideia de ter rondas da polícia. Enviou protocolo de cooperação ao reitor da universidade, para que seja elaborado um plano de ação dos policiais.

 

Na enquete, além de votar, os internautas comentaram. Confira:

Estamos em DOIS MIL E ONZE. Já acabou a ditadura. Polícia não é vilão

Não é a solução, mas "território livre" não faz mais sentido nenhum!

Até aonde eu sei (na verdade, até aonde eu vi) a polícia já entra no campus há muito tempo

Tão querendo transformar a USP em um condomínio fechado...o próximo passo vai ser ter que pagar o condomínio

Polícia nunca foi sinônimo de segurança. a desigualdade, o descompromisso, a injustiça e a opressão

Pelo amor de deus, coloquem as vidas dos alunos, professores e funcionários acima de quaisquer caprichos de vocês

Existem medidas de melhoria da guarda universitária que podem ser tomadas

Chama o capitão Nascimento também!

Será que temos que esperar mais uma morte, sequestro, roubo para que as autoridades façam algo?

Detalhe que uma galera que respondeu "não" faz Sanfran e Pinheiros. Tipo nem estudam na Cidade Universitária!

Parece até piada, mas abri perfis aleatórios entre as pessoas que votaram "não". Entre uns 15 que abri, 12 eram fa FFLCH

Acompanhe e vote: www.facebook.com/estadao.pontoedu.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.