Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

PUC-SP volta às aulas com falta de professores em alguns cursos

Vários cursos da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP) começaram o semestre hoje sem professores para todas as disciplinas. O problema, que segundo a reitoria afeta mais os alunos de terceiro e quarto ano, e as Faculdades de Economia, Administração e Direito, deverá ser resolvido em cerca de duas semanas com a contratação de professores temporários. No entanto, eles terão um regime de trabalho diferenciado, que seguirá uma tabela de pagamento estipulada pelos interventores da Fundação São Paulo, mantenedora da universidade. A partir de agora, todas as novas contratações seguirão o mesmo padrão: os valores serão mais baixos do que os pagos atualmente e o regime de contratação, chamado de probatório, durará dois anos. A partir daí, o professor passará por uma avaliação e, se for aprovado, entrará para o quadro de professores regulares da instituição. Mesmo assim, o clima pela manhã, no campus Monte Alegre (zona oeste), foi típico de primeiro dia de aulas. Trote de veteranos nos calouros, pedágio na avenida Sumaré e pequenos grupos que lotaram os bares das redondezas.

Agencia Estado,

02 de março de 2006 | 15h42

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.