PUC-SP é grande chance para vestibulandos

As primeiras fases da Fuvest e da Unicamp já são passado. A prova da Unesp é só na próxima semana. É hora de um pouco de folga, certo? Errado. Neste fim de semana, mais de 25 mil estudantes vão concorrer às vagas de uma das mais reconhecidas universidades particulares de São Paulo, a Pontifícia Universidade Católica (PUC-SP).?É minha melhor chance de passar este ano?, acredita Juliana Monteiro, de 17 anos, que vai tentar Direito. ?Como há menos concorrência do que na Fuvest, fico mais segura para disputar a vaga.?Neste fim de semana, Juliana vai enfrentar uma concorrência de 7,45 candidatos por vaga. Uma disputa grande, mas muito menor que a da Fuvest, de 25,65 vestibulandos para cada cadeira no curso. ?Assim, não fico dependendo de um lugar só para passar. Se eu for mal na Fuvest, não será o fim do mundo?, acredita. ?Fico menos nervosa de saber que tenho essa segunda chance de ingressar em uma faculdade reconhecida já na primeira tentativa.?Bom conceitoExpectativa semelhante vive Michel Lopez Sanches, de 17 anos. Depois de um rendimento regular na primeira fase da Fuvest, na qual acredita ter acertado metade das questões na tentativa de passar para o curso de Relações Internacionais (34,58 candidatos por vaga), o estudante aposta as fichas em Ciências Econômicas da PUC. ?A faculdade, além de ter um bom conceito no mercado, tem vestibular menos concorrido?, afirma. O número de candidatos para o curso não chega a duas vezes o de vagas oferecidas.Além da segurança de não depender apenas dos vestibulares das faculdades públicas, uma das razões que motivam os candidatos a procurar os exames de instituições particulares ? em especial os mais concorridos ? é obter experiência em provas. ?Quanto mais rodagem eu tiver, mais tranqüilidade terei na hora de encarar as provas?, acredita Gustavo Henrique de Assis Rodrigues, de 18 anos.O estudante já prestou a primeira fase da Fuvest e vai concorrer a vagas na PUC e na Unesp, sempre em Relações Internacionais. Mas sua escolha já está feita. ?Vou fazer a Fuvest até passar?, diz. ?Além de o curso ser bom, ele também é gratuito.?Investimento para poucosApesar de contar com cursos bastante reconhecidos pelo mercado de trabalho ? destaques para Ciências Econômicas, Direito, Relações Internacionais e Psicologia ?, a PUC sempre foi preterida pelos alunos por causa das mensalidades. ?Claro que a faculdade pública fica em primeiro lugar?, diz Michel. ?O investimento para fazer uma particular, ainda mais do porte da PUC, é para poucos.?As mensalidades dos cursos giram em torno de R$ 800, mas variam de acordo com a carreira. Juliana Monteiro, por exemplo, desembolsaria R$ 863 por mês para fazer o curso de Direito. Michel, R$ 762 na Economia. Já Gustavo, pagaria R$ 802 pela faculdade de Relações Internacionais. Psicologia, outro bastante procurado, é um dos mais caros: R$ 979 por mês.clique para ver os locais de provado vestibular unificado da PUC-SP

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.