Tiago Queiroz/AE
Tiago Queiroz/AE

PUC fecha disciplinas e alunos ficam sem aula

Pelo menos seis cursos da instituição foram afetados e 400 matérias saíram da grade

Felipe Oda, Jornal da Tarde

25 Fevereiro 2011 | 11h54

Verônica Rodrigues Castilho, de 21 anos, levou um susto quando as férias acabaram na Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP): as seis disciplinas que ela deveria cursar neste semestre, o terceiro do curso de Economia, foram fechadas. Outros cinco cursos também tiveram turmas canceladas. Ao todo, cerca de 400 disciplinas foram eliminadas da grade curricular, segundo o Jornal da Tarde apurou com professores da instituição – que preferiram não se identificar.

 

Os estudantes só foram comunicados sobre as mudanças quando as aulas começaram, no último dia 14. O curso de administração, por exemplo, perdeu 92 matérias, como mostra documento obtido pela reportagem. “O pior é que a situação prejudica nossa formação”, afirma Verônica, que teve sua turma, ND3, cancelada. “Alegaram (a coordenação da PUC) que todas as turmas de disciplinas com menos de 25 alunos seriam extintas.”

 

A universidade não divulgou, oficialmente, o número de universitários prejudicados. Por meio de sua assessoria, informou que “não confirma nem nega o cancelamento das disciplinas”. Segundo alunos e professores ouvidos pelo JT, foram afetados pelo corte, além de Economia, Psicologia, Fonoaudiologia, Ciências Contábeis, Administração e Ciências Atuariais.

 

Em Ciências Contábeis, até calouros enfrentam dificuldades. Uma aluna relatou à reportagem que ainda não pôde ingressar no curso porque, segundo a PUC, a turma não teria atingido um número mínimo de alunos. Ela foi orientada a esperar pela formação de uma nova classe, o que pode não ocorrer neste semestre.

 

A PUC afirma “existir apenas um remanejamento de alunos” e garante que “ninguém será prejudicado”. Ontem, de acordo com a assessoria da instituição, a reitoria se reuniu com representantes dos centros acadêmicos das faculdades para “discutir eventuais problemas. ” Em entrevista à reportagem, a assessora da pró-reitoria de graduação da PUC, Yone de Carvalho, reiterou que os estudantes não serão prejudicados. “A garantia dos direitos dos alunos é inalienável. Ele percorre a grade curricular da maneira que bem entender”.

 

Leia também:

 

- Aluno da PUC-SP pode pedir o dinheiro de volta, diz advogado

- ‘A crise da PUC é um grande mito’

 

Matriculada em doze matérias do terceiro semestre de Psicologia, Rachel Macedo, 18, só irá cursar quatro. E resolveu, por conta própria, procurar salas em que as matérias estão sendo oferecidas. “Oito foram canceladas. Estou assistindo às aulas em outra sala para não ‘tomar’ falta”, diz ela, da turma VE3.

 

Os alunos dizem ainda que foram lesados porque fizeram o pagamento integral de disciplinas que não estão cursando. “Em janeiro e fevereiro pagamos a grade cheia”, fala Rachel. Ela gasta, em média, R$1,8 mil por mês. “Já no boleto de março, o valor é de R$ 570. Ou seja, a PUC só está confirmando que não irei ter as outras matérias.”

 

Assim como Rachel, alunos que tiveram disciplinas extintas estão frequentando aulas em turmas nas quais não estão matriculados. “A secretaria nos orientou a fazer a matrícula nas disciplinas novamente. Até agora não consegui”, diz Tiago Caetano Sarraf Galrão, 20, do terceiro semestre de Ciências Contábeis.

Para Verônica, a situação também prejudica alunos que não tiveram matérias canceladas. “Assisto às aulas com a parte da minha turma que conseguiu se matricular. Tenho de pedir para a professora colocar meu nome na chamada e até sentamos no chão, pela quantidade de gente extra na sala”, conta.

 

PARA ENTENDER

 

Entre as cerca de 400 disciplinas canceladas há matérias repetidas, pois há mais de uma turma cursando o mesmo semestre de uma mesma graduação

 

Na PUC, os alunos têm créditos que devem ser usados durante o semestre. Na FEA, por exemplo, são 20. E as matérias têm de 2 a 4 créditos - de acordo com a quantidade de aulas semanais. Não é obrigatório usar os 20, desde que o aluno justifique o motivo. Mas no final da graduação o aluno deve ter usado todos os créditos semestrais e cursado disciplinas obrigatórias

 

AFETADOS

 

Cursos atingidos pelo corte de disciplinas na graduação da PUC -SP

 

FACULDADE DE CIÊNCIAS HUMANAS E DA SAÚDE (FACHS)

Psicologia

Fonoaudiologia

 

FACULDADE DE ECONOMIA, ADMINISTRAÇÃO, CONTÁBEIS E ATUARIAIS (FEA)

Administração

Economia

Ciências contábeis

Ciências atuariais

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.