Publicidade e propaganda

Profissional ds ecoloca com facilidade no mercado, mas é preciso estar antenado

Gustavo Coltri , Especial para O Estado de S. Paulo

11 Julho 2011 | 10h23

Se você precisa divulgar produtos, serviços ou ideias, o publicitário é o profissional certo para ajudá-lo. “Ele cria e instrumentaliza a informação para que as pessoas possam conhecer algo como, por exemplo, um evento”, explica o professor João Garção, coordenador do curso na área e diretor da Escola de Comunicação na universidade Anhembi Morumbi.

Segundo ele, estar atento às novidades de consumo e de comportamento, além de ter gosto por atividades culturais e vocação para interagir socialmente são características importantes para quem quer se arriscar na profissão.

A graduação em publicidade é de quatro anos e prioriza o equilíbrio entre as teorias da comunicação e o mercado: “Há uma parte mais conceitual, de linguagem, e uma parte mais prática, que é o planejamento mercadológico”, explica.

As agências de publicidade são o destino mais tradicional para esses profissionais, mas há outras possibilidades. “As empresas são as maiores empregadoras nos seus departamentos de comunicação.”Para o professor, o mercado – bastante competitivo – ainda abre espaços a novos profissionais. “Como o publicitário pode trabalhar em vários segmentos, ele se coloca no mercado com facilidade, mas é preciso estar antenado.”

 

Salário incial: R$ 2 mil

Duração: 8 semestres

Disciplinas: Redação publicitária, comportamento de compra, consumo, criação publicitária, mídia, estudos fotográficos.

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
mercado publicidade

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.