Provas do concurso para professores serão em novembro

O concurso que deve preencher 49 mil vagas de professores de ensino médio paulista ainda este ano terá suas provas nos próximos dias 2 e 9 de novembro, anunciou o governador Geraldo Alckmin. A intenção do governo é que os professores aprovados comecem a lecionar no início de 2004. Os interessados têm até o dia 26 para fazer a inscrição.Segundo o secretário estadual de Educação, Gabriel Chalita, os professores devem ser chamados em janeiro. Hoje, quase metade do quadro de professores do Estado é formado por funcionários temporários. Com o concurso, acredita o secretário, o profissional que está na rede pública irá estudar para fazer o concurso e ter um vínculo maior com a escola."Um dos problemas que enfrentamos com funcionários temporários é que ele não sabe se irá continuar dando aula naquela escola. Quanto mais garantia tiver o professor, mais tempo fica na escola e melhor será o projeto pedagógico", argumenta. De acordo com Chalita, a secretaria estuda também concurso para professores de ensino fundamental.InscriçõesAs inscrições podem ser feitas nas agências do Banespa credenciadas (veja quadro abaixo), nas Diretorias de Ensino ou via internet, no site www.sepeb2.com.br . A taxa de inscrição é de R$ 16,80.Pela estimativa da Secretaria de Educação, o número de inscritos deve ser superior a 200 mil. No último concurso, realizado em 1998, 148 mil candidatos disputaram 47 mil vagas.Para fazer a inscrição, o candidato deverá levar o RG e preencher a ficha de inscrição. O concurso admite inscrição em duas disciplinas. Também será permitida a inscrição por procuração, com original e cópia autenticada. Candidatos que estão no último ano do magistério também poderão se inscrever para o concurso.Questões das provasPela primeira vez, a prova terá questões relacionadas à formação básica do professor. A prova será constituída por 80 questões objetivas e quatro dissertativas. Desta vez, o exame vai cobrar a formação básica do professor - como noções de cidadania, desenvolvimento do aluno, Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), formação disciplinar, diretrizes do ensino médio e fundamental, entre outros.Os locais de prova ainda não foram decididos, pois a definição depende do número total de inscritos. A informação deve ser divulgada logo após o período de inscrições.As vagas são para as disciplinas de Biologia, Ciências Físicas e Biológicas, Educação Artística, Física, Geografia, História, Inglês, Matemática, Língua Portuguesa e Química. O salário inicial é de R$ 768,50 (24 horas semanais), R$ 960 (30 horas) e R$ 1.280 (40 horas).Agências credenciadas para a inscrição

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.