ProUni recebe inscrições de segunda-feira até 16 de junho

Depois do recorde de quase 3 milhões de inscritos no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano passado, aqueles que fizeram pelo menos 45 pontos na prova poderão disputar uma bolsa no ensino superior privado pelo Programa Universidade para Todos (ProUni), que recebe inscrições a partir de segunda-feira até 16 de junho.A expectativa do Ministério da Educação é que sejam oferecidas pelo ProUni mais de 40 mil bolsas de estudo para o segundo semestre. ?É um programa de inclusão com mérito, não basta ter baixa renda ?, comenta o diretor do Departamento de Modernização e Programas da Educação Superior do MEC, Celso Carneiro Ribeiro.Além da nota de corte, também é preciso ter renda familiar, por pessoa, de até três salários mínimos e ter cursado o ensino médio completo em escola pública ou privada com bolsa integral. O resultado da seleção será divulgado no dia 21 de junho. As inscrições podem ser feitas na página eletrônica www.mec.gov.br/prouni.O vestibulando Francisco Fábio Silva de Castro, de 25 anos, já pegou o formulário de inscrição para o Enem no correio. A inscrição também pode ser feita pela internet (www.inep.gov.br/enem) até 2 de junho e custa R$ 35. Castro havia prestado o exame no ano passado, mas não conseguiu alcançar a nota de corte para tentar o ProUni. ?Eu estou muito empolgado, acredito que ano que vem eu consigo.?Morador da zona leste, ele trabalha o dia inteiro como ajudante de pedreiro e depois vai para o cursinho comunitário Educafro, perto de casa. ?À noite eu chego quebrado na escola, mas vale a pena?, conta. Castro tinha deixado os estudos com 16 anos, para trabalhar, e somente em 2004 voltou a estudar. Foi na Educação de Jovens e Adultos (EJA), antigo supletivo, que tomou gosto por História, carreira para a qual vai concorrer.O presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino Superior do Estado de São Paulo (Semesp), Hermes Ferreira Figueiredo, vê como ?altamente positivo? o programa, ao qual cerca de 60% das instituições do Estado aderiram. Figueiredo comenta que com a grande demanda de inscritos no Enem do ano passado, aumentou a qualificação dos selecionados.Apesar do lado positivo, Figueiredo reclama que o excesso de regulamentações e portarias sobre o programa, como, por exemplo, a prorrogação de matrículas, acaba interferindo nos calendários e na estrutura das instituições.Ribeiro justifica a situação devido ao processo de adequação do ProUni. ?O programa, por se encontrar em fase de implantação, exige uma regulamentação passo a passo, mas espera-se que logo que ele se estabilize, toda a regulamentação jurídica seja definitiva e plenamente estabelecida.?COMO PARTICIPARInscrições: Para se inscrever é preciso entrar no site www.mec.gov.br/prouni de segunda-feira até 16 de junho Requisitos: Os interessados devem ter pelo menos nota 45 no Enem, além de possuir renda familiar mensal per capita de até três salários mínimos e ter cursado o ensino médio em escola pública ou em particular com bolsa integral Resultado: A divulgação dos selecionados para a bolsa do programa devem ocorrer no dia 21 de junho

Agencia Estado,

18 de maio de 2006 | 22h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.