ProUni ainda tem 431 vagas para estudantes paulistas

O Programa Universidade para Todos (ProUni) tem ainda, em São Paulo, 431 vagas disponíveis na segunda seleção do programa, que foi aberta hoje. O MEC ainda está finalizando a lista de vagas disponíveis. Na lista preliminar, em que não há todos os Estados e nem uma divisão por cursos, São Paulo é o Estado onde restam mais lugares no programa. Na Bahia, são 181 e em Santa Catarina, 176. No Mato Grosso do Sul estão disponíveis 144 e no Distrito Federal, apenas 8. Em cinco Estados - Pernambuco, Ceará, Espírito Santo, Amazonas e Tocantins - não sobraram vagas para a segunda seleção. No primeiro dia das novas inscrições, o sistema de seleção, na página do Ministério da Educação na Internet, ficou praticamente todo o dia fora do ar. Apenas às 19 horas as inscrições, que devem preencher 5.180 vagas remanescentes, foram realmente abertas. Ainda não está definido se o prazo final para as inscrições - que terminaria à meia-noite do próximo sábado - será estendido. As 5.180 vagas são em várias áreas. Assim que o sistema entrar no ar, os candidatos poderão saber os cursos e instituições que ainda têm lugar. Nem todas as áreas deverão estar disponíveis. Na primeira edição do programa, no ano passado, depois da primeira fase de inscrições, os cursos de medicina e direito, os mais concorridos, já não tinham mais vagas. O processo de seleção não muda. Os candidatos têm que ter feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2005 e ter tido média de 45 pontos pelo menos. Para participar, deverão selecionar no site do programa cinco opções de cursos e instituições dentre as que estarão disponíveis, por ordem de preferência.Os estudantes serão encaixados de acordo com o seu resultado no Enem. O ministério coloca na página, também, a média do último inscrito em cada curso. Assim, o estudante pode ter idéia de quais são suas chances de obter uma das vagas.Os novos resultados deverão ser divulgados até o dia 16. Tanto os estudantes selecionados nessa nova etapa quando na primeira terão até o dia 3 de fevereiro para procurar as instituições de ensino superior para as quais foram selecionados e apresentar os documentos de comprovação de renda e de terem feito o ensino médio em escola pública.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.