Proposta para reajuste de professores tem impacto de R$ 3,9 bi até 2015

O valor deste impacto será dividido pelos próximos três anos

Eduardo Cucolo e Rafael Moraes Moura, da Agência Estado,

13 Julho 2012 | 18h25

A ministra do Planejamento, Miriam Belchior, disse há pouco que a proposta do governo de reajuste dos professores de Institutos e Universidades Federais terá um impacto no Orçamento de R$ 3,9 bilhões para os próximos três anos.  Esse valor será dividido em R$ 1,56 bilhão (40%) para 2013, R$ 1,17 bilhão para 2014 (30%) e outro R$ 1,17 bilhão (30%) para 2015.

De acordo com a ministra, os reajustes variam e chegam a 45%, considerando neste caso os 4% concedidos neste ano. O teto salarial das universidades (doutor titular dedicação exclusiva), que subiu neste ano de R$ 11,8 mil para R$ 12,2 mil, vai chegar a R$ 17,1 mil em 2015.

A proposta está sendo discutida neste momento por representantes do governo e grevistas, que ainda vão analisar a oferta.

 

Mais conteúdo sobre:
Reajuste professores Planejamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.