Programa do ensino técnico também vai beneficiar cadastrados no Bolsa Família

Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome vai identificar alunos para cursos de formação em diferentes níveis

Agência Brasil

29 Abril 2011 | 10h42

O Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec) também beneficiará as famílias cadastradas no Programa Bolsa Família, disse a presidente Dilma, durante a cerimônia de lançamento do Pronatec, na quinta-feira, dia 28. “Também haverá a unificação do Bolsa Família e o Pronatec, assegurando a quem recebe o Bolsa Família a oportunidade de uma formação e capacitação profissional. O Pronatec vai ser fator de organização da oferta de capacitação profissional. Vai muito além do ensino médio”, afirmou.

 

O Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS) é que se encarregará de identificar os potenciais alunos para cursos de formação em diferentes níveis, a partir da oferta disponível no município em que ele mora. A seleção do MDS poderá direcionar os alunos tanto para turmas de alfabetização como para as turmas de aperfeiçoamento profissional.

 

Dilma ressaltou ainda que o Brasil precisa agregar valor ao que produz, e o programa de formação de mão de obra, nesse contexto, é fundamental. "Se nós quisermos nos transformar em um país que agrega valor, temos que apostar na qualidade de nosso trabalhador", disse a presidente, que pediu empenho dos deputados e senadores para aprovação do projeto.

 

O Pronatec tem como meta oferecer, até 2014, 8 milhões de vagas na educação profissional para estudantes do ensino médio e trabalhadores que necessitam de qualificação. De acordo com Dilma, o governo quer corrigir a formação de pessoas que começaram a trabalhar cedo e não tiveram tempo de se qualificar.

 

O programa também vai requalificar os trabalhadores sobre as inovações tecnológicas ocorridas nos últimos anos.

Mais conteúdo sobre:
Pronatec Dilma MEC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.