Programa dá experiência internacional a trainees

Quem sonha com uma experiência profissional no exterior pode ter uma boa chance na empresa Schneider Electric, que oferece regularmente oportunidades por meio do programa de trainee Marco Polo. O candidato é treinado durante cerca de dois meses no Brasil e depois segue para um dos 130 países em que a Schneider Electric está instalada. O selecionado é contratado como funcionário da companhia e recebe salário na moeda vigente do país ao qual for designado.Mas é preciso estar atento: as inscrições não têm período pré-determinado. Por enquanto, informa a empresa, o processo de seleção está fechado, mas pode ser aberto a qualquer tempo. O segredo é consultar com alguma freqüência o site da companhia (www.schneider-electric.com.br.O candidato precisa ter de dois a três anos de experiência na área pretendida, possuir alguma habilidade em relação ao país onde trabalhará - como conhecimento da língua -, falar inglês fluentemente, ter certa vivência internacional e disponibilidade para morar no exterior por até dois anos.

Agencia Estado,

09 de março de 2004 | 11h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.