Professores ocupam Secretaria da Educação no Recife

Um grupo de cerca de 50 professores estaduais ocupou no início da tarde desta terça-feira o prédio da Secretaria de Educação de Pernambuco, no centro de Recife. Carregando colchonetes, marmitas e travesseiros, os professores acamparam nos corredores que dão acesso ao gabinete do secretário e prometiam permanecer no local até que as reivindicações da categoria fossem atendidas.De acordo com informações do Sindicato dos Trabalhadores em Educação em Pernambuco (Sintepe), o objetivo da manifestação é pressionar o governo do Estado a discutir a reposição das perdas salariais da categoria, que chegam a 46,71%, desde 1999, segundo cálculos da entidade."Nós estamos abertos a negociações. Sabemos que o reajuste pedido não será atendido de uma vez só pelo governo, mas eles nem sequer querem conversar", alegou o vice-presidente do Sintepe, Heleno Araújo.Logo após a chegada ao prédio da Secretaria, o grupo de professores foi recebido pela diretora estadual de Gestão Escolar, Eugenilda Coimbra. No final da tarde, uma comissão formada por dez pessoas, entre professores e diretores do Sintepe se reuniu com o secretário estadual de Educação, Mozart Neves.Até o final da tarde os professores permaneciam no prédio. A Polícia Militar foi acionada, mas limitou-se a observar. A direção do Sintepe afirmou que outras manifestações devem ser feitas, semanalmente, até que a pauta seja atendida. "Se isso não adiantar, vamos entrar em greve a partir do início do próximo ano letivo", ameaçou Araújo.

Agencia Estado,

14 de outubro de 2003 | 21h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.