Professores marcham até a Praça da Republica

Se categoria não tiver resposta do governo estadual, fará nova manifestação na próxima sexta

Luciana Alvarez, O Estado de S. Paulo

19 Março 2010 | 16h34

Manifestantes ligados ao Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) começaram, por volta de 16h30, uma passeata até a Secretaria Estadual de Educação, na Praça da República, no centro da cidade.

 

 

Cerca de 10 mil manifestantes bloqueiam os dois sentidos da avenida Paulista. Segundo a Companhia de Engenharia de tráfego (CET), os motoristas devem evitar a região.

 

 

A passeata até a secretaria foi aprovada pela categoria durante o ato, que começou por volta de 14h. Os manifestantes exibem várias faixas de protesto. Dois carros de som comandam a marcha.

 

 

De acordo com líderes do movimento, a categoria vai tentar hoje uma resposta do governo estadual para as reivindicações da classe - entre as quais, reajuste salarial de 34,3%.

 

 

A categoria já promete: se não houver acordo, manterá a greve que começou no dia 8 e vai realizar novo ato na próxima sexta-feira, dia 26, em frente ao Palácio dos Bandeirantes - sede do governo estadual, no Morumbi, zona oeste.

 

 

 

Mais conteúdo sobre:
pontoedu greve apeoesp

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.