Professores fazem greve contra a reforma da previdência no Rio

Professores e funcionários administrativos das escolas das redes estadual e municipal do Rio farão uma paralisação conjunta de 24 horas nesta quarta-feira. Os profissionais de educação vão participar do que se chamou de dia nacional de luta contra a reforma da previdência.A data foi organizado pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), central que congrega os sindicatos e associações de profissionais de educação em todos os estados do País. As informações são da Agência Brasil.

Agencia Estado,

10 de junho de 2003 | 13h31

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.