Professores estaduais em greve fazem passeata em Sorocaba

Com apoio de alunos, cerca de 150 docentes marcharam por avenida e se concentraram em frente a uma escola pública

José Maria Tomazela, O Estado de S. Paulo

24 Março 2015 | 12h27

SOROCABA - Professores estaduais em greve por aumento de salário fizeram uma passeata na manhã desta terça-feira, 24, na região do bairro Júlio de Mesquita, na zona oeste de Sorocaba, interior de São Paulo. Cerca de 150 docentes com apoio de alunos marcharam pela Avenida Américo Figueiredo e se concentraram em frente à Escola Estadual Antônio Vieira Campos. O grupo levava faixas e cartazes.

Parte dos professores da escola aderiu à greve, que reivindica ainda a abertura de postos no magistério e a reabertura de classes fechadas. Uma das pistas da avenida ficou interditada durante a passeata e a agentes do município desviaram o trânsito.

O Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp) acompanhou o protesto e informou que nova manifestação será realizada na cidade nesta quarta-feira, 25.

Segundo a entidade, em pelo menos vinte escolas da região houve adesões à greve iniciada no último dia 16.

A Diretoria Regional de Ensino informou que as aulas seguem normais em toda a rede. Já a Secretaria da Educação informou que os professores tiveram reajustes de 45% nos últimos quatro anos e que tem dialogado com os docentes.

Mais conteúdo sobre:
Greve São Paulo Educação

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.