Evelson de Freitas/AE
Evelson de Freitas/AE

Professores em greve pedem audiência com Secretário da Educação de SP

Pequeno grupo de grevistas compareceu na frente da Secretaria Estadual na capital paulista

Priscila Trindade, do estadao.com.br

23 Março 2010 | 16h42

Professores grevistas da rede estadual de São Paulo protocolaram na tarde desta terça-feira, 23, um pedido de audiência com o Secretário de Estado da Educação Paulo Renato Souza.

 

Veja também:

linkGreve de professores entra na terceira semana com baixa adesão

 

O grupo, formado por integrantes de diversas entidades do magistério, se reuniu por volta das 11 horas em frente à secretaria, na Praça da República, no centro da cidade. Alguns professores recolhiam assinaturas para um abaixoassinado que reinvindica abertura de negociação por parte da Secretaria.

 

De acordo com o Sindicato dos Professores do Ensino Oficial de São Paulo (Apeoesp), o ato dos grevistas terminou por volta das 13h30.

 

A greve da categoria começou dia 8 de março. Os professores reivindicam reajuste salarial de 34,3%. Até agora, a categoria realizou duas manifestações. Em ambos os casos, a Avenida paulista, uma das principais vias de São Paulo, foi totalmente bloqueada.

 

Bônus

 

O governador de São Paulo, José Serra (PSDB) anunciou nesta segunda-feira no Palácio dos Bandeirantes o pagamento do Bônus por Resultado de 2010 para os educadores. Serra não mencionou a greve da classe e em seu discurso se colocou como o comandante de uma "revolução silenciosa" na educação paulista, que "vai marcar época".

 

(Com Luciana Alvarez, de O Estado de S. Paulo)

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.