Professores de todo País farão paralisação de 24 horas

Docentes querem garantir piso salarial nacional do Magistério e melhoria da qualidade na educação

SOLANGE SPIGLIATTI, Agencia Estado

24 de abril de 2009 | 09h52

Os professores da rede básica de ensino público de todo o Brasil prometem promover hoje uma paralisação de 24 horas como protesto para garantir um piso salarial profissional nacional do Magistério e pela melhoria da qualidade na educação. Segundo a Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CNTE), a lei do piso salarial ainda é descumprida por muitos prefeitos e governadores.

Cerca de 35 sindicatos afiliados à Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação de 25 Estados, além do Distrito Federal, já confirmaram adesão à greve de advertência, organizada pela Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação, segundo o órgão.

Tudo o que sabemos sobre:
educaçãoparalisaçãoprofessores

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.