Professores dão dicas para a prova da Fuvest

Veja o que pode cair nas questões de história, matemática e física; primeira fase será no domingo, 27

Estadão.edu

23 Novembro 2011 | 19h07

SÃO PAULO - Os candidatos a uma vaga na USP podem aproveitar os últimos dias até a Fuvest e revisar o conteúdo. Para ajudar os vestibulandos, o Estadão.edu ouviu nesta quarta-feira, 23, os professores de matemática, física e história do Cursinho da Poli sobre como e o que estudar nessa reta final de preparação. No domingo, 27, os estudantes fazem 90 questões de múltipla escolha, o que corresponde à primeira fase do processo seletivo.

 

Segundo a professora de matemática Thaís de Oliveira, o assunto mais recorrente na prova da Fuvest é geometria. Mas também é importante revisar funções, porcentagem, logaritmos e equações exponenciais. "Nos testes interdisciplinares, o foco deve ser a análise de gráficos", afirma Thaís. Confira outras dicas no vídeo abaixo:

 

 

 

 

Para o professor de física Bassam Ferdinian, o candidato deve analisar as provas dos últimos anos para saber os conteúdos mais presentes. Ele sugere que os alunos estudem mecânica, principalmente. "Questões sobre circuito elétrico, ondulatória, troca de calor e magnetismo também são frequentes."

 

 

 

O professor de história Elias Feitosa também considera essencial que o estudante olhe as últimas provas de primeira fase da Fuvest. "A prova tem mudado bastante. Além disso, o número reduzido de questões é mais uma dificuldade para sabermos que temas podem aparecer", afirma. No entanto, Elias aposta em testes que relacionem temas da atualidade a fatos históricos. "O acidente nuclear no Japão (no primeiro semestre) pode ser relacionado ao episódio das bombas atômicas em Hiroshima e Nagasaki durante a Segunda Guerra Mundial", exemplifica.

 

 

 

 

Confira dicas de outros professores ao longo desta semana.

Mais conteúdo sobre:
Fuvest Vestibular USP

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.