Professores dão dicas de linguagens e redação para prova do Enem

Alunos devem ficar atendos com a influência do darwinismo na literatura e relação entre a linguagem culta e coloquial

Elida Oliveira, Especial para O Estado de S. Paulo

29 Setembro 2009 | 00h41

Em sociedade e literatura, Caio Fernando de Oliveira, da Educon, acredita que o grande viés da prova será a influência do darwinismo em obras literárias. "Temos em O Cortiço, de Aluísio de Azevedo, o darwinismo social no crescimento urbano desorganizado. Também podem aparecer questões de Vidas Secas, do Graciliano Ramos, discutindo problemas sociais da seca. Apesar de o Enem não pedir livros, acho que essas linhas gerais vão permear a prova."   Célia Passoni, coordenadora de Linguagens do cursinho Etapa, diz que os alunos poderão esperar questões que envolvam a relação entre a norma culta da linguagem com a linguagem coloquial ou a comparação entre imagens e registros do português em Portugal e no Brasil. "Em literatura eu acredito que vão privilegiar os modernos. Machado de Assis, com certeza, aparecerá", diz.   Ouça:   Caio Fernando de Oliveira, da Educon, fala sobre sociedade e literatura

Mais conteúdo sobre:
pontoedu enem dicas de atualidades

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.