Professores dão dicas de geografia em Ciências Humanas para o Enem

Questões ambientais, com fenômenos climáticos, ou ainda cenário geopolítico da América Latina são apostas para exame

Elida Oliveira, Especial para O Estado de S. Paulo

29 Setembro 2009 | 00h37

Para Omar Eumirgh, coordenador de geografia do Etapa, além das questões ambientais, comuns no Enem, é possível que o exame aborde temas como fenômenos climáticos (presença de ciclones e tornados no sul do Brasil), urbanização, enchentes e lixo. "Os alunos precisarão ter uma noção básica de grandes temas mundiais, como a população e a economia no mundo. Isso também correlacionado à realidade brasileira. Não devem cair temas locais, para não privilegiar alunos de uma determinada região, por exemplo."   Também pode ser abordados no exame o cenário geopolítico da América Latina, com os regimes populistas de esquerda da Venezuela de Hugo Chávez e da Bolívia de Evo Morales, além das divergências do presidente Fernando Lugo, do Paraguai, com o governo brasileiro a respeito da partilha da energia de Itaipu. "Há uma grande expectativa de que essa prova traga questões híbridas, que passem pela história, façam diálogo com a geografia, em um movimento complexo da região", diz Milton Fernandes Filho, da Educon.   Ouça:  Omar Eumirgh, coordenador de Geografia do Etapa, e dicas sobre Enem  Milton Fernandes Filho, da Educon, e temas para o Enem

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.