Professores da Unicamp visitarão cursos de excelência internacional

Comitiva vai conhecer instituições nos EUA e na Europa, como Harvard e a Universidade do Porto

Silvio Anunciação, do portal Unicamp,

25 Julho 2012 | 21h38

Cerca de 40 docentes da Unicamp foram selecionados para conhecerem propostas inovadoras de cursos de graduação de excelência internacional. Ligados a 22 cursos de graduação, os professores vão visitar universidades de ponta no ensino e pesquisa mundial, como Harvard, MIT, Berkeley, Instituto de Artes da Califórnia, Universidade de Gronoble e do Porto.

 

A ação é resultado de edital lançado em abril deste ano pela Pró-reitoria de Graduação (PRG) e pela Fundação de Desenvolvimento da Unicamp (Funcamp) em parceria com o banco Santander, que financiará as visitas dos docentes por meio do programa Santander Universidades. O investimento é da ordem de R$ 350 mil.

 

O edital integra a proposta de internacionalização da universidade aliada à melhoria constante dos cursos de graduação, explicou a assessora da PRG, Gabriela Celani. A assessora acrescenta que as visitas devem subsidiar mudanças e inovações curriculares nos cursos, de forma pontual, em uma disciplina ou grupo de disciplinas, ou de forma geral, como uma reestruturação curricular. “O objetivo é que os docentes conheçam propostas educacionais que estejam alinhadas com os cursos da Unicamp, visando sempre uma melhoria na qualidade, como por exemplo, uma inovação curricular, a implementação de novas ferramentas e métodos de ensino, entre outros.”

 

O pró-reitor de Graduação, Marcelo Knobel, ressaltou a importância da parceria, que segundo ele, traz recursos que normalmente não são cobertos pelas agências de fomento à pesquisa. “O ensino de graduação é prioridade da Unicamp. E este é mais um projeto que busca o aprimoramento dos nossos cursos, em uma iniciativa inédita, fruto desta parceria importante entre a PRG, a Funcamp e o Santander. Certamente beneficiará todos os cursos que estão participando.”

 

O professor Paulo César Montagner, diretor-executivo da Funcamp, destaca que no segundo semestre deste ano será lançado um outro edital nos mesmos moldes deste primeiro. “Nós gostaríamos que todos os cursos de graduação da Unicamp participem da iniciativa.”

Mais conteúdo sobre:
Unicamp

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.