Professores da rede municipal de SP apresentam reivindicações à secretaria

Aumento real de 34% no salário é uma das 59 exigências apresentadas pela classe

Carlos Lordelo, de O Estado de S. Paulo

26 Março 2010 | 16h27

Cerca de 400 professores da rede municipal de ensino de São Paulo participaram nesta sexta-feira, 26, de manifestação na frente da Secretaria Municipal de Gestão, no centro da capital paulista. O protesto, que foi acompanhado pela polícia, foi pacífico e não interrompeu o trânsito nas vias próximas à Secretaria.

 

Veja também:

link5 mil professores estaduais fazem protesto em frente ao Estádio do Morumbi

 

A categoria apresentou 59 reivindicações, entre elas aumento real de 34% no salário. Representantes da Secretaria informaram que será feita uma reunião na próxima terça-feira para discussão sobre a lista de reivindicações. No mesmo dia, a prefeitura deverá apresentar o calendário de reuniões com os representantes dos professores.

 

"Considero um bom começo essa primeira reunião com a Secretaria. Nós temos tempo para negociar porque nossa data-base é em maio. Isso mostra que não estamos radicalizando", afirmou Cláudio Fonseca, presidente do Sindicato dos Profissionais em Educação no Ensino Municipal de São Paulo (Sinpeem).

 

O sindicato já definiu para o dia 23 de abril a realização de mais uma manifestação no mesmo local.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.