Professores da rede estadual de Pernambuco suspendem greve

Governo aceitou negociar punição aos professores e reformulação do plano de cargos, carreiras e vencimentos

Solange Spigliatti, da Central de Notícias,

31 Julho 2009 | 11h47

Após 24 dias de greve, os professores da rede estadual de ensino em Pernambuco voltaram ao trabalho, segundo informações do Sindicato dos Trabalhadores de Educação de Pernambuco (Sintepe). Com a suspensão da greve, os professores deverão retornar às salas de aula nesta sexta-feira, 31, segundo o sindicato. Na próxima segunda-feira, 3, uma nova assembleia irá traçar novas mobilizações para a categoria.  A decisão de encerrar a greve foi votada em assembleia nesta quinta-feira, 30, e teve como base um ofício enviado pelo Secretário Estadual de Administração, Paulo Câmara, onde o governo se disponibilizou a negociar algumas reivindicações - entre elas as punições conferidas aos professores e a reformulação do Plano de cargos, Carreiras e Vencimentos - caso os docentes retomassem às atividades.

Mais conteúdo sobre:
professoresgrevePernambuco

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.