Professores da educação básica terão bolsas de mestrado

Educadores que conseguirem a bolsa terão de permanecer nas salas de aula da rede pública por, no mínimo, cinco anos depois da diplomação

Agência Brasil,

21 Março 2011 | 13h59

BRASÍLIA - O ministro da Educação, Fernando Haddad, anunciou nesta segunda-feira, 21, que a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes) passará a conceder bolsas de mestrado a professores da educação básica. Os cursos serão ligados às áreas de ensino da educação básica.

 

Os educadores que conseguirem a bolsa terão de permanecer nas salas de aula da rede pública de ensino por, no mínimo, cinco anos depois da diplomação.

 

O anúncio foi feito pelo ministro durante cerimônia de premiação de professores no Palácio do Planalto. "Muitas vezes o mestrado não é na cidade onde o professor mora e isso exige custeio, gastos com transporte, alimentação, aquisição de material pedagógico", explicou Haddad ao falar sobre a importância da bolsa para a formação dos professores da educação básica.

 

Fernando Haddad afirmou que a medida objetiva também estimular o aumento da oferta de mestrado para os educadores da rede pública ao criar a demanda pelos cursos. A portaria que normatiza a concessão dessas bolsas será publicado no Diário Oficial da União de teraç-feira, 22.

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.