Professores da BA paralisam atividades por reajuste

Os professores da rede estadual de ensino da Bahia promovem hoje uma paralisação de 24 horas. Eles reivindicam agilidade da Justiça no julgamento da ação que cobra o ressarcimento de 10,8% nos salários dos docentes - montante que teria sido perdido durante o processo de criação da Unidade Real de Valor (URV), que marcou a transição entre o cruzeiro e o real, em 1994.

Tiago Décimo, da Agência Estado

25 Março 2010 | 14h38

Naquele ano, o sindicato dos professores entrou com o pedido de correção salarial e a Justiça deu sentença favorável aos docentes, mas a administração pública recorreu. A Procuradoria Geral do Estado informou que também aguarda o julgamento da questão para definir se o aumento será concedido. Os 1,3 milhão de alunos da rede ficaram sem aulas hoje.

Mais conteúdo sobre:
professores BA paralisação greve reajuste

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.