Professora que tapou boca de aluno com fita adesiva é demitida

A agressão foi denunciada pela mãe de um menino de cinco anos, que disse ser castigado por 'fazer bagunça'

Elder Ogliari, de O Estado de S. Paulo,

18 de março de 2009 | 18h18

Uma professora usou uma fita adesiva para fechar a boca de um aluno de uma escola de educação infantil de Caxias do Sul, a 130 quilômetros de Porto Alegre. A agressão foi denunciada pela mãe de um menino de cinco anos. Ela percebeu marcas no rosto do garoto na semana passada, mas só descobriu a causa dos pequenos ferimentos na segunda-feira, 16, desta semana, quando seu filho deixou as respostas evasivas de lado, contou que havia sofrido o castigo por "fazer bagunça" e mostrou-se constrangido porque os colegas riram quando ele ficou com a boca tapada. O caso foi levado à direção da escola na terça-feira. Mesmo mostrando-se arrependida pelo ato, a professora foi demitida.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.