Preso suspeito da morte de estudante da USP

Morte do aluno da FEA foi no dia 18 de maio; suspeito é acusado de receptação de objetos da casa de Saulo de Castro

Marcela Gonsalves, estadão.com.br

14 Julho 2011 | 18h11

Foi preso na tarde desta quarta-feira, 13, em Osasco, na Grande São Paulo, Daniel Paula Celeste Souza, suspeito de envolvimento na morte do estudante Felipe Ramos de Paiva, de 24 anos. Ele foi encontrado após denúncia anônima por droga.

O suspeito portava um revólver Taurus, calibre 38, com a numeração raspada. O auxiliar confessou aos policiais que pegou a arma emprestada para roubar um carro que seria desmanchado.

Ele também é acusado de receptação de objetos roubados na casa do secretário estadual de Logística e Transportes de São Paulo e ex-chefe da Segurança, Saulo de Castro Abreu Filho, no começo do ano, segundo a Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes (Dise).

O crime aconteceu no último dia 18 de maio, no bolsão de estacionamento da Faculdade de Economia e Administração (FEA) da USP. O universitário foi encontrado morto com um tiro na cabeça ao lado de seu veículo, um Passat preto blindado.

No dia 9 de junho, outro suspeito, Irlan Graciano Santiago, de 22 anos, se entregou e confessou sua participação no crime - mas não a autoria da morte. Sem antecedentes criminais, foi liberado. A Justiça, porém, decretou sua prisão preventiva e ele foi detido na Favela São Remo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.