Prêmio Jovem Cientista este ano será sobre cidades sustentáveis

Ideia da premiação é dar visibilidade à produção científica no Brasil

Agência Brasil

06 Junho 2011 | 18h41

A 25ª edição do Prêmio Jovem Cientista foi lançada nesta segunda-feira na Universidade de Brasília (UnB). Este ano o tema são as cidades sustentáveis. Podem se inscrever estudantes dos ensinos médio e superior e graduados das mais diversas áreas do conhecimento.

 

O prêmio ajuda a dar visibilidade à produção científica no Brasil.O diretor do serviço de prêmios do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq), Guilherme Sales, disse que uma das grandes preocupações do conselho é assegurar a permanência dos pesquisadores no País, uma vez que a maioria acaba indo para o exterior em  busca de mais recursos e oportunidades para desenvolver seus trabalhos.

 

O reitor da UnB, José Geraldo de Souza, disse que este ano o prêmio abrirá muito mais oportunidades aos pesquisadores, tal a amplitude do tema, que envolve urbanização, meio ambiente, gestão das águas urbanas, agricultura e sustentabilidade, entre outros.

 

A doutora em Arquitetura Marta Adriana Bustos Romero ressaltou a relevância do tema, que envolve questões urgentes para a sociedade brasileira.

 “A importância do prêmio se dá a partir do momento em que buscamos melhores condições de vida, que foram perdidas ou prejudicadas pelo processo do crescimento desordenado das cidades”.

 

Quem quiser inscrever trabalhos ou buscar informações, deve acessar a página do Prêmio Jovem Cientista na internet.

Mais conteúdo sobre:
Jovem Cientista

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.