Werther Santana/ Estadão
Werther Santana/ Estadão

Prefeitura de SP antecipa férias escolares por causa do coronavírus

Novo período de recesso ficou estabelecido entre os dias 23 de março e 09 de abril

Redação, O Estado de S.Paulo

19 de março de 2020 | 16h30

Para conter o avanço do novo coronavírus na capital, a Prefeitura de São Paulo decidiu antecipar as férias de julho, que terão início na segunda-feira. A medida, que valerá para estudantes, professores e auxiliares, definiu o novo período de recesso entre os dias 23 de março e 09 de abril, e alcançará mais de um milhão de alunos. 

Na semana passada, o governo do Estado já havia anunciado uma "suspensão gradual" das aulas tanto na rede privada quanto pública, com fechamento das escolas por tempo indeterminado a partir do dia 23, segunda-feira. Por meio de nota da prefeitura, o prefeito Bruno Covas diz seguir a mesma linha que o governo do Estado. "Temos ações conjuntas que são tomadas pela Prefeitura, sempre complementares e em parceria com o governo estadual”, afirmou. 

Segundo o secretário municipal de educação Bruno Caetano, a mudança antecipa o o calendário da rede municipal e não deverá trazer prejuízos pedagógicos. "A medida será reavaliada constantemente pelas equipes da Secretaria Municipal de Educação e novas providências poderão ser tomadas seguindo as orientações das autoridades de Saúde”, afirmou Caetano por meio da nota da prefeitura. 

Nesse período, as escolas deverão contar, no mínimo, com a permanência de dois servidores durante o expediente, mas o atendimento ao público externo será interrompido. Também os CEUs permanecerão fechados, inclusive para atividades ao ar livre. Para servidores dos prédios administrativos da Secretaria Municipal de Educação, das coordenadorias e diretorias regionais de educação, a adesão ao teletrabalho (home office) ficará a critério das respectivas chefias imediatas. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.