Pós leva alunos à Amazônia para conhecer estratégia militar

Viagem é parte do curso de Estratégia Militar para Gestão de Negócios da Faap

Estadão.edu

13 Julho 2010 | 17h28

A Fundação Armando Alvares Penteado (Faap) vai levar, pela segunda vez, alunos para a Amazônia, com o objetivo de conhecer as principais características e os pontos estratégicos da região. A viagem, entre os dias 18 e 25, é parte do curso de pós em Estratégia Militar para a Gestão de Negócios.

 

Ministrado pelo Centro de Estudos Estratégicos (CEE) da Faap, o curso alia a prática às aulas teóricas para o ambiente corporativo. 

 

Os alunos, que vêm de áreas diversas como arquitetura e economia, vão visitar o Centro de Instrução de Guerra na Selva (AM), o Comando Militar da Amazônia (AM), o Pelotão Especial da Fronteira em Ipiranga (AM) e outros locais.

 

A ideia é ver de perto o trabalho realizado pelos militares. Além disso, eles vão conhecer o potencial econômico da região. 

 

Coordenador do curso, o coronel Edson Rodrigues explica que os alunos terão ao planejamento estratégico elaborado na região, por meio de palestras com representantes do governo e das Forças Armadas e das visitas.

 

“A estratégia militar ensina o empresário a desenvolver táticas diferenciadas para não ser surpreendido com o mundo corporativo”, explica o general Antonio Luiz da Costa Burgos, também coordenador do Centro da Faap.

Mais conteúdo sobre:
amazônia pós faap estratégia militar

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.