Parceria público-privada leva adultos de volta às escolas

O Ministério da Educação (MEC) assinou nesta segunda-feira uma parceria com a empresa de cosméticos Natura e com a Fundação Abrinq para o lançamento da Campanha para a Educação de Jovens e Adultos. O objetivo principal do projeto é promover o retorno de jovens e adultos à escola.A Natura desenvolve o programa "Crer para Ver", em que mais de 360 mil consultoras de beleza terão a missão de identificar jovens e adultos que possam voltar a estudar. Os potenciais estudantes seriam matriculados nas escolas com o programa de Educação de Jovens e Adultos do MEC. "Elas têm acesso às comunidades que mobilizam pessoas e que são o público-alvo daeducação de jovens e adultos", explicou o secretário de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade do MEC, RicardoHenriques.A parceria também vai premiar as boas idéias de professores da rede pública que queiram contribuir para encontrar projetos dealfabetização de jovens e adultos. Os professores escolhidos ganharão uma viagem turístico-cultural e a escola R$ 10 mil para investir no projeto premiado. "O que a gente tentará fazer, num esforço maior, é gerar um mapa de boas práticas de educação de jovens e adultos", ressaltou Henriques. Cada região brasileira terá um projeto escolhido.Parte dos recursos arrecadados com a venda de produtos da linha "Crer para Ver" serão repassados para a capacitação de professores e o apoio a projetos de organizações não-governamentais que queiram discutir novas propostas para a educação de jovens e adultos. Desde 1995, a venda dos produtos já era destinada ao financiamento de projetos em educação, num total de R$ 15 milhões.

Agencia Estado,

10 de agosto de 2004 | 03h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.