Pais têm despesas mesmo com filhos em escola pública

Mesmo com filhos matriculados na rede pública, as famílias têm um gasto para mantê-los na escola que, na opinião do presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Otaviano Helene, "não é desprezível". Despesas com transporte, alimentação, material escolar e uniforme durante os três anos do ensino médio, por exemplo, alcançam cerca de R$ 1.800."A escola é pública, mas não gratuita", afirma ele, que defende também o aumento do investimento em educação. A soma dos gastos de União, Estados e municípios em educação representa 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB).Este porcentual deveria subir, no mínimo, para 7%, segundo Helene. O guia Geografia da Educação Brasileira 2001 traz informações sobre os gastos por aluno em cada nível de ensino, em 1998. Naquele ano, o investimento per capita foi de R$ 688 para o ensino fundamental, R$ 877 para a educação infantil, R$ 701 para o ensino médio e R$ 9.789 para a educação superior.Otaviano avalia que o baixo investimento em educação tem se refletido na formação da população e afastado cada vez mais o Brasil dos países desenvolvidos e até mesmo de seus vizinhos. "A evolução nos padrões escolares no Brasil é muito aquém dos outros países."Ele acha inconcebível que, em pleno ano de 2003, o País não tenha erradicado o analfabetismo infantil. "Não tem sentido crianças que passaram cinco anos na escola, continuarem analfabetas", observou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.