Pais dependem cada vez mais da escola

Os pais querem uma escola disciplinadora, que discuta todo tipo de assunto com seus filhos, em especial as drogas. Resultados de uma pesquisa realizada com 16 mil famílias de classes A e B que têm filhos em escolas particulares mostram o que educadores e psicólogos já haviam constatado na prática. "Os pais estão delegando para a escola responsabilidades que são deles. Eles deram tanta liberdade aos filhos que agora precisam de freios externos", diz a psicóloga da Pontifícia Universidade Católica de Campinas (PUCCamp), Marilda Lipp.A pesquisa foi realizada pelo Sistema Anglo de Ensino, no fim de agosto, com pais de matriculados em escolas de ensino infantil até cursinhos, no País todo.Quando questionados sobre o que os faria mudarem o filho da escola, os pais puderam escolher três itens principais. O mais apontado mencionava problemas com drogas (68,9%); em segundo lugar ficou o aumento das mensalidades, com 43,8%, e em terceiro, o pouco rigor na disciplina, com 32,4%."Muitos pais não sabem como lidar com o problema das drogas e precisam da escola", diz o coordenador da pesquisa, José Francisco da Silva. "O assunto agora tem de sair do corredor e se tornar oficial."Menstruação e pijamaSegundo o presidente do Sindicato dos Estabelecimentos de Ensino do Estado de São Paulo (Sieeesp), José Augusto de Mattos Lourenço, um reflexo da transferência da responsabilidade dos pais para as escolas é o aumento da procura pelo ensino em período integral.Ele diz que há casos de professoras para as quais mães pediram até que conversassem com as filhas sobre a primeira menstruação. Diretores contam histórias de pais que não conseguem nem sequer vestir o uniforme em seus filhos e os levam ao colégio de pijama, esperando que o professor faça o estudante trocar de roupa.A administradora de empresas Renata Wainsztok considera que a escola tem um papel complementar na educação de seus dois filhos. Mesmo assim, ela espera que a instituição discuta sexo, drogas, cidadania, valores morais e respeito ao meio ambiente. "A gente trabalha e nem sempre pode ficar em tempo integral com os filhos.""Método moderno"Entre as características mais importantes ao escolherem uma escola, os pais ainda colocam em primeiro lugar o bom ensino e os bons professores (74,1% das respostas). Em seguida, vêm um "método moderno" (50,4%) e a "mensalidade adequada ao orçamento" (35%).A preocupação financeira explica-se pelo fato de a renda mensal média das famílias ser de R$ 2.500,00. Segundo o Sieeesp, a mensalidade média na rede particular em São Paulo gira em torno de R$ 500,00.

Agencia Estado,

15 de setembro de 2003 | 12h05

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.